Quantas questões de concurso devo fazer por assunto para uma preparação eficaz?

Para ser aprovado em um concurso público e realizar esse que é o sonho de milhões de brasileiros, é necessário uma série de fatores, entre os principais podemos citar dedicação, disciplina e foco. Porém, há um outro que, aliado aos três citados anteriormente, pode ser o diferencial para o sucesso: contar com o auxílio de um curso online para concurso. Com ele você poderá ter acesso a videoaulas apresentando conteúdos que caem nas provas e questões de concursos anteriores, deixando sua preparação mais poderosa e direto ao ponto, sem perda de tempo.

Mas vamos à resposta para a pergunta que dá título a esse post: Depende de vários fatores! O principal deles talvez seja o que diz respeito a tempo. Isso mesmo! A quantidade de questões que deve fazer por assunto para ter uma preparação eficaz vai depender de quanto tempo livre você tem no seu dia para dedicar exclusivamente aos estudos. Quanto mais tempo, claro, poderá praticar resolvendo mais questões. Outro fator importante é ter acesso a um site de questões para concursos completo e bem estruturado.

Nós não podemos dar um número exato de quantas questões devem ser feitas, mas podemos te indicar qual caminho seguir, ou melhor, em quais assuntos deve focar. A partir de agora mostraremos quais são os temas mais cobrados em concursos públicos, tendo como referência, é claro, as disciplinas de conhecimentos básicos ou conhecimentos gerais. Lembrando que o que citaremos a seguir não representa uma regra, por isso é sempre muito importante conferir o conteúdo programático do concurso no qual irá se inscrever. No mais, certamente são ótimas informações para te ajudar a compreender melhor como funciona o estudo por questões.

Questões de Concurso – Por nível de escolaridade

Começando por aquelas questões que mais são cobradas em relação a nível de escolaridade, e que você deve ficar atento ao estudar para concursos públicos. Seja o cargo ao qual você irá concorrer de nível fundamental, médio ou superior, a seguir você terá uma indicação para saber como começar, sendo uma das boas técnicas para resolver questões de concursos. As disciplinas e respectivos temas que mais caem são:

  • Nível Fundamental
  1. Língua Portuguesa

Interpretação de textos; Ortografia; Plural; Pontuação; e Verbos.

  1. Matemática

Operações básicas; Raciocínio lógico; Conjuntos numéricos; e Regra de Três.

  1. Atualidades e Conhecimento Gerais

Assuntos que foram destaques ao redor do Brasil e do mundo, além de questões referentes ao cargo pretendido.

  • Nível Médio
  1. Língua Portuguesa

Interpretação de textos; Ortografia; Morfologia; e Sintaxe da Oração.

  1. Matemática e Raciocínio Lógico

Proporcionalidade; Porcentagem; Frações; Álgebra; Geometria básica; e Probabilidade.

  1. Informática

Conceitos básicos; Pacote Office; e Windows.

  1. Atualidades e Conhecimentos Gerais

A exemplo do que é cobrado para nível fundamental, mas com dificuldade maior, aqui também é importante estar muito bem informado sobre os principais assuntos no Brasil e no mundo, além de questões referentes ao cargo escolhido.

  • Nível Superior
  1. Língua Portuguesa

Além de alguns temas semelhantes aos cobrados no nível médio, acrescentam-se Semântica; Preposição; Regência verbal e nominal; e em alguns casos avaliação discursiva.

  1. Matemática e Raciocínio Lógico

Matemática financeira; Progressão aritmética e geométrica; Estatística; e ainda assuntos também cobrados em provas de nível médio.

  1. Informática

Junta-se ao que consta nas cobranças de nível médio, o tema Noções de Segurança.

  1. Direito

Administrativo e Constitucional.

  1. Atualidades e Conhecimentos Gerais

Mesmo padrão dos demais níveis de escolaridade, porém, com grau de dificuldade mais elevado e com temas relacionados, em sua maioria, a política e sustentabilidade.

Questões de Concurso – Por Área

Outra boa forma de estudar com questões para concursos públicos é com base na carreira em que você pretende ser aprovado. Lembrando sempre que o melhor curso online para terá preparatórios especiais para cada uma delas. As disciplinas mais cobradas para cada área são as seguintes:

  • Policial

Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Matemática e Redação.

  • Fiscal

Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico, Informática, Direito Administrativo, Direito Constitucional, Direito Tributário, Matemática Financeira, Contabilidade e Economia.

  • Tribunais

Língua Portuguesa, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Direito Penal, Direito Processual Penal e Direito Civil.

  • Administrativa

Língua Portuguesa, Matemática e Raciocínio Lógico, Informática, Legislação e Interpretação de Textos.

Assim como falamos anteriormente, lembre-se que tudo que listamos acima não representa uma exatidão, podendo obviamente haver variações, tanto no que diz respeito aos assuntos mais cobrados por nível de escolaridade ou por área. Mas agora você já tem um rumo para seguir caso esteja se perguntando como estudar para concurso com questões.

Quantas questões acertar para ser aprovado?

Essa é uma outra pergunta que também costuma ser feita constantemente, principalmente por novos concurseiros. E nesse caso não é diferente, a resposta é a mesma: Depende! Para ter sempre a real noção de como deve ser seu desempenho, é necessário se apegar a um dos grandes amigos de todo concurseiro, o edital. É nesse arquivo em PDF, que te faz vibrar de alegria quando é publicado, que você encontrará a informação sobre a quantidade de acertos que precisará conseguir para ser aprovado.

No mesmo documento você poderá conferir ainda quais disciplinas têm maior peso na nota final, quantos candidatos poderão ser chamados, se haverá disponibilização apenas de vagas imediatas, cadastro de reserva ou ambos. Enfim, lendo o edital com atenção é possível encontrar respostas para todas as perguntas, desde a que dá título à essa postagem, passando pelos temas cobrados em cada disciplina, até o local onde serão lotados os aprovados, e muito mais.

Como dito anteriormente, a nota mínima, também conhecida como nota de corte, necessária para ser nomeado, dependerá muito da banca responsável pelo concurso. Elas tendem a fazer os cálculos de maneira diferente. Veja o caso do Cebraspe, por exemplo, que tem como hábito aplicar provas com duas opções de resposta, no caso, Certo ou Errado, sendo que cada erro anula um acerto. Há também o método de outra organizadora muito tradicional, a Fundação Carlos Chagas (FCC), que divide suas provas em questões de Conhecimentos Gerais (Peso 1) e Conhecimentos Específicos (Peso 3).

Esses detalhes, que num primeiro momento podem parecer pequenos e passar despercebidos, fazem toda a diferença na nota final e, consequentemente, na sua aprovação.

Há ainda outros fatores, como nível de escolaridade, por exemplo, onde as provas de nível médio tendem a ter notas de corte mais altas que as de nível superior. O número de vagas também pode influenciar, afinal de quantas, quanto menos oportunidades o concurso oferecer, maior será a nota mínima que deverá ser alcançada, e vice-versa.

Viu como descobrir quantas questões acertar para passar num concurso público não é tarefa assim tão simples? Então, o melhor conselho que podemos dar é: prepare-se! Deixe de pensar na menor nota que você precisa tirar e coloque em mente que você tem condições de conquistar pontuação muito maior.

Ter o auxílio do melhor site de questões para concursos é fundamental, pois nele além de encontrar conteúdos sempre atualizados do que já foi cobrado em certames anteriores, também tem acesso a questões resolvidas de de concurso público, para aprender qual o caminho correto para chegar à resposta certa.

Pode ter certeza, treinar em um site de questões de concursos e aliar isso a assistir videoaulas que apresentam apenas conteúdos que caem nas provas são as melhores opções para que você fique muito bem treinado, adquira um vasto conhecimento e chegue ao dia da prova preparado e convicto para marcar as respostas certas, sem preocupação de precisar alcançar uma nota mínima, pois terá a segurança de que poderá se aproximar da nota máxima!

Deixe seu Comentário