Quando foi o último concurso TJMG?

Falta pouco, muito pouco, para que o Tribunal de Justiça de Minas Gerais anuncie a abertura das inscrições para seu novo certame. O que se sabe até o momento é que o órgão já iniciou os trâmites para escolha da banca organizadora que ficará responsável por todo o processo, e que os cargos oferecidos serão Analista Judiciário (nível superior) e Oficial Judiciário (nível médio). Ao que tudo indica, o concurso TJMG 2022 terá seu edital publicado entre o final de março e início de abril.

Já que falamos em banca, a informação que temos é que, das quatro empresas que enviaram propostas, o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação, mais conhecido como IBFC, foi o que apresentou o melhor valor, tendo portanto a documentação analisada e, em estando tudo ok, muito provavelmente será anunciada como responsável pela organização do concurso.

É importante destacar que inicialmente esse aguardado concurso TJ MG era para ter acontecido no ano de 2019, porém, precisou ser adiado por conta da unificação das instâncias. Como você deve recordar, antes o órgão era dividido em 1ª e 2ª instâncias, e assim planejava seus editais, tendo cada uma delas seu determinado certame. Só que a partir de agora os cargos oferecidos serão distribuídos em ambas.

As bancas, inclusive, já estavam até definidas, sendo a AOCP para o da 1ª instância, e o já citado IBFC, para o da 2ª instância.

A Lei Estadual nº 23.478/19, que determinou e regulamentou a unificação das carreiras do TJMG foi publicada no dia 06 de dezembro de 2019. Portanto, todos os cargos passam a integrar o Quadro Geral de Servidores do Poder Judiciário, onde haverá a possibilidade de acontecerem remoções e permutas entre os mesmos. Certamente tudo será ainda melhor explicado quando o novo edital for finalmente publicado.

Porém, enquanto esse grande dia não chega, que tal você, que faz parte dos cerca de 130 mil candidatos que espera-se sejam atraídos a realizar a inscrição, ficar por dentro de como foi o último concurso realizado pelo TJ MG? Acredite, essas informações podem ser muito importantes, principalmente para antecipar sua preparação e sair na frente da concorrência na disputa por uma das vagas a serem oferecidas.

Como foi o último concurso TJMG?

Concurso TJ MG 2ª Instância – 2011

Os últimos concursos realizados pelo Tribunal de Justiça de MG, aconteceram quando ainda havia a divisão por instâncias.

O referente à 2ª instância tem registro no ano de 2011, tendo sido organizado pela banca Fumarc, e contou apenas com oferta de vagas para formação de cadastro de reserva, nos cargos de Oficial Judiciário, que exigia nível médio, e de Técnico Judiciário (atualmente chamado de Analista Judiciário), que necessitava de nível superior completo. Os salários, na época, eram de R$ 2.057,67 e R$ 3.222,39, respectivamente.

Concurso TJ MG 1ª Instância – 2017

Já o último concurso TJMG para a 1ª instância é um pouco mais recente, aconteceu em 2017, e foi organizado pela Consulplan. Nele foram ofertadas 15 vagas, sendo 10 para a função de Oficial de Apoio Judicial – Classe D, e as outras cinco para Oficial Judiciário – Classe D, ambas com exigência de nível médio completo e salário de R$ 3.457,01.

Nesse concurso em específico, foram contabilizados mais de 103 mil inscritos, tendo sido, até o momento, 285 candidatos nomeados. Porém, devido a algumas manifestações de escolha e desistências, o número de empossados foi 214.

Como foram as provas do concurso TJMG 2017?

As provas do TJMG concurso 2017 foram aplicadas nas cidades de Belo Horizonte, Diamantina, Governador Valadares, Juiz de Fora, Montes Claros, Uberlândia e Varginha, tendo quatro horas de duração.

Todos os candidatos precisaram responder um total de 80 questões de múltipla escolha relacionadas ás seguintes disciplinas: Língua Portuguesa (25), Noções de Direito (25), Noções de Informática (15) e Atos de Ofício (15).

Cargos do concurso TJMG 2022

Agora vamos voltar a falar um pouco mais sobre o edital TJMG 2022, mais especificamente sobre os cargos que ele oferecerá. Apesar de ainda não termos conhecimento da quantidade de vagas que serão disponibilizadas, já sabemos ao menos para quais funções elas serão distribuídas. Como dissemos no início do texto, haverão oportunidades para Oficial Judiciário e Analista Judiciário, que requerem, respectivamente, níveis médio e superior de escolaridade.

Em ambos os casos será possível escolher as especialidades para as quais prefere concorrer a uma vaga, sendo elas as seguintes:

Oficial Judiciário do TJ MG (Especialidades e Requisitos)

  • Assistente Técnico do Controle Financeiro – Nível Médio/Técnico Completo em Contabilidade;
  • Oficial de Justiça – Nível Médio Completo.

Analista Judiciário do TJ MG (Especialidades e Requisitos)

  • Administrador – Graduação Completa em Administração ou Gestão Pública;
  • Analista de Tecnologia da Informação – Graduação Completa em Tecnologia da Informação, além de experiência mínima de 2 anos na área;
  • Analista Judiciário – Graduação Completa em Direito;
  • Assistente Social – Graduação Completa em Serviço Social, além de registro no conselho da categoria;
  • Bibliotecário – Graduação Completa em Biblioteconomia, além registro no conselho da categoria;
  • Contador – Graduação Completa em Ciências Contábeis, além de registro no conselho da categoria;
  • Enfermeiro – Graduação Completa em Enfermagem, além de registro no conselho da categoria;
  • Engenheiro Civil – Graduação Completa em Engenharia Civil, além de registro no conselho da categoria;
  • Engenheiro Eletricista – Graduação Completa em Engenharia Elétrica, além de registro no conselho da categoria;
  • Engenheiro Mecânico – Graduação Completa em Engenharia Mecânica, além de registro no conselho da categoria;
  • Médico – Graduação Completa em Medicina, além de registro no conselho da categoria;
  • Psicólogo – Graduação Completa em Psicologia, além de registro no conselho da categoria;
  • Revisor Jurídico – Graduação Completa em Letras ou Direito, além de registro no conselho da categoria.

As atribuições, claro, são específicas para cada uma das especialidades, e poderão ser conferidas tão logo o edital TJ MG seja divulgado.

Agora que você já sabe todos os detalhes, não apenas em relação ao novo concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais, como também daqueles que aconteceram nos últimos anos, vai mais uma vez nosso conselho, não espere até que o edital seja publicado para iniciar seus estudos. Faça uso do histórico, no que diz respeito a tudo o que já foi cobrado em provas anteriores. E claro, conte também com a preciosa ajuda de um curso online, no qual você verá conteúdos que realmente são cobrados, e claro, terá uma preparação realmente eficiente.

No mais, desejamos a você muito boa sorte nessa caminhada rumo à conquista da sonhada vaga no TJ MG.

Deixe seu Comentário