O que faz um analista tributário da Receita Federal?

Pensando em se candidatar ao cargo de Analista Tributário no próximo concurso da Receita Federal?

Então não deixe de acompanhar o texto abaixo, em que abordaremos tudo o que você precisa saber sobre a carreira antes que as inscrições do concurso receita federal estejam abertas.

Desta forma, você pode antecipar a sua preparação, ao mesmo tempo em que conhece aspectos específicos do cargo como requisitos, atribuições e remuneração.

Status do próximo concurso da Receita Federal

Atualmente, o concurso da Receita Federal possui uma solicitação de abertura para 699 vagas. Destas, 469 seriam específicas para Analista Tributário, em especialidades ainda não definidas.

É preciso destacar ainda, que em março desse ano a instituição já acumulava mais de 22 mil cargos vagos.

A grande expectativa por parte dos concurseiros é de que a seleção aconteça ainda em 2021, ofertando oportunidades para Auditores Fiscais e Analistas Tributários.

Carreira de Analista Tributário da Receita Federal

Assim como acontece para os outros cargos oferecidos pela Receita, a concorrência por uma vaga de Analista Tributária é bastante acirrada.

Isso porque, além de todos os benefícios proporcionados pela iniciativa pública, ser aprovado em um concurso do órgão fiscal ainda garante excelentes remunerações.

Para se ter uma ideia, a remuneração inicial para a função pode chegar a R$ 12 mil reais iniciais, sem contar os bônus e outros benefícios como vale alimentação, e R$ 18 mil em padrões compatíveis com o final da carreira.

Entretanto, antes de criar grandes expectativas sobre o concurso, é preciso saber se você se encaixa na lista de requisitos que possibilitam a posse no cargo.

Por isso, separamos abaixo quais são as exigências impostas pela Receita Federal, de acordo com o último edital publicado.

Requisitos para o cargo de Analista Tributário

– ter sido aprovado e classificado no concurso;

– ter nacionalidade brasileira; no caso de nacionalidade portuguesa, estar amparado pelo estatuto de igualdade entre brasileiros e portugueses, com reconhecimento do gozo dos direitos políticos, na forma do disposto no art. 13 do Decreto nº 70.436, de 18/04/1972;

– gozar dos direitos políticos;

– estar quite com as obrigações eleitorais;

– estar quite com as obrigações do Serviço Militar, para os candidatos do sexo masculino;

– ter idade mínima de 18 anos;

– ter aptidão física e mental para o exercício das atribuições do cargo, comprovadas por junta médica oficial;

– possuir diploma de curso superior concluído em qualquer área, em nível de graduação, devidamente registrado no Ministério da Educação (MEC);

– apresentar declaração de bens com dados até a data da posse;

O que faz um Analista Tributário?

Segundo o edital publicado em 2012, para saber o que faz um Analista Tributário da Receita Federal é preciso consultar a Lei nº 11.457, de 16 de março de 2007. Mas, para que você possa poupar seu tempo, trouxemos todas as funções dos servidores aprovados para esse cargo. Confira:

– constituir, mediante lançamento, o crédito tributário e de contribuições;

– elaborar e proferir decisões ou delas participar em processo administrativo-fiscal, bem como em processos de consulta, restituição ou compensação de tributos e contribuições e de reconhecimento de benefícios fiscais;

– executar procedimentos de fiscalização, praticando os atos definidos na legislação específica, inclusive os relacionados com o controle aduaneiro, apreensão de mercadorias, livros, documentos, materiais, equipamentos e assemelhados;

– examinar a contabilidade de sociedades empresariais, empresários, órgãos, entidades, fundos e demais contribuintes, não se lhes aplicando as restrições previstas nos arts. 1.190 a 1.192 do Código Civil e observado o disposto no art. 1.193 do mesmo diploma legal;

– proceder à orientação do sujeito passivo no tocante à interpretação da legislação tributária;

– supervisionar as demais atividades de orientação ao contribuinte;

O que estudar para o concurso de Analista Tributário da Receita Federal

Agora que você já está por dentro dos requisitos e da rotina administrativa do profissional que atua como Analista Tributário da Receita Federal, chegou a hora de conhecer quais são os conteúdos necessários para a sua aprovação.

Vale lembrar que, como o edital do concurso receita federal ainda não foi publicado, as informações abaixo foram extraídas com base na última seleção.

Conhecimentos gerais e específicos – Analista Tributário

– Legislação Tributária e Aduaneira – para o cargo na Área geral (30 questões);

– Informática – para o cargo na Área informática (30 questões);

– Direito Constitucional e Administrativo (25 questões);

– Língua Portuguesa (20 questões);

– Direito Tributário (20 questões);

– Espanhol ou Inglês (10 questões);

– Raciocínio Lógico-Quantitativo (10 questões);

– Administração Geral (10 questões);

– Contabilidade Geral (10 questões).

Como se preparar para o concurso da Receita Federal

Seja para a prova de analista tributário da receita federal, prova de auditor fiscal da receita federal, ou até mesmo para a prova de assistente técnico administrativo da receita federal, estudar para concursos públicos tem um único segredo: aliar o estudo da teoria com a prática de questões já aplicadas anteriormente.

Esta combinação permite ao concurseiro avaliar os conteúdos aprendidos ao mesmo tempo em que também possibilita descobrir seus pontos fortes e fracos sobre cada assunto.

A prática também serve para se preparar para o grande dia, uma vez que você pode trabalhar aspectos como a administração do tempo destinado a resolução de cada questão e controle da ansiedade e nervosismo.

Ainda neste sentido, para que você possa contar com a melhor preparação de todas, o nosso principal conselho é investir em um curso para analista receita federal ou ainda, de forma mais genérica, em um curso preparatório para receita federal.

Assim, ao contar com o auxílio de professores especialistas em aprovação, você será orientado a se dedicar ao que realmente importa. Ou seja, sem perder tempo com conteúdos desnecessários ou desatualizados.

Tudo isso faz parte de um roteiro de sucesso para quem vai encarar a prova da receita federal com um único objetivo: a aprovação.

Último concurso realizado para Analista Tributário

A última seleção para o cargo de Analista Tributário da Receita Federal aconteceu em 2012, sob organização da Escola de Administração Fazendária – ESAF.

Na ocasião foram ofertadas 700 vagas para a função.

Os candidatos foram avaliados por provas objetivas de conhecimentos gerais e específicos, além de prova dissertativa.

Agora que você já conferiu, de forma antecipada, tudo sobre a carreira de Analista Tributário da Receita Federal, certamente, está pronto para encarar este desafio e conquistar uma vaga. Basta apenas mergulhar de cabeça nos estudos e torcer para que a publicação do edital aconteça o mais breve possível.

Bons estudos!

Deixe seu Comentário