Como se preparar para um concurso público concorrido?

Se a vaga dos seus sonhos está vinculada ao concurso público mais concorrido do Brasil, você deve saber que terá uma longa rotina de preparação pela frente.

Porém, no texto de hoje do Arquivo Nirez você vai saber tudo sobre como estudar para concurso.

Em uma linguagem bastante simples e descomplicada, vamos abordar desde como começar a estudar para concurso público, até mesmo o que estudar para concurso público.

Por isso, se você tem dúvidas sobre o assunto, basta ficar ligado e atento a tudo o que será explicado a partir de agora.

Como passar em um concurso público muito concorrido

Identifique o seu perfil de estudante 

Estudar é uma estratégia que precisa ser elaborada e praticada, assim como a escrita e a resolução de questões. Porém, antes de iniciar seus estudos você deve reconhecer quais são suas maiores habilidades. Como você consegue absorver os conteúdos mais facilmente?

Você prefere estudar por meio de videoaulas? Aprende fazendo resumos por escrito? Tem preferência por algum horário do dia em que percebe uma concentração maior? Tolera barulhos, ruídos ou precisa de silêncio total para manter o foco?

Respondendo as perguntas acima você identificará o seu perfil de estudante. A partir da identificação dessas características pessoais, fica muito mais fácil definir uma estratégia e, enfim, encontrar a melhor maneira de estudar para concursos públicos.

Lembre-se também que é preciso encarar o inimigo de frente. Em quais matérias você tem mais dificuldade? E quais são “mais fáceis” de absorver? Ter isso em mente é importante para definir quanto tempo é necessário para cada disciplina e como estudar seus pontos principais.

Invista em um preparatório para concurso público 

Nossa primeira dica é que você procure por auxílio profissional. Para começar, escolha um bom cursinho preparatório, de preferência que ofereça um pacote completo de aulas e atenda a todos os conteúdos previstos no edital de abertura. 

Nos dias de hoje um cursinho on-line para concurso é a melhor opção, porque você pode estudar sem sair de casa. Desta forma, é necessário apenas ter uma conexão de internet que funcione bem, e um local tranquilo para se manter concentrado no objetivo de conquistar sua tão sonhada vaga como servidor público.

Nossa próxima dica é que você também busque responder as questões de concurso público vinculadas a prova que pretende prestar. Uma busca rápida na internet pode ser o suficiente para encontrar as provas anteriores e seu gabarito. Esta é uma maneira interessante para testar seus conhecimentos e rendimento de estudos. 

Aliás, a técnica perfeita de estudo inclui momentos de leitura e de treinamento com questões e provas de concursos públicos realizados anteriormente.  

Organize um cronograma de estudos 

Se por acaso, você tem dúvidas sobre como montar um cronograma de estudos, uma boa forma de começar é separando primeiro os dias e horas que terá disponível para se dedicar. 

Em seguida você pode dividir esses períodos entre os temas que tem mais facilidade ou dificuldade, por exemplo, comece o dia com português, depois geografia, história, e por fim, matemática. 

Procure ser fiel ao seu cronograma e para isso, no ajuste de dias e horários procure incluir pausas para descanso e lazer. Procure não assumir mais responsabilidades do que será capaz de cumprir. 

Se você trabalha durante o dia, pode planejar seus estudos para o período da noite. Mas lembre-se: programe picos de estudo com intervalos para lanches, alongamento e descansos.

Um bom modelo é reservar 45 minutos para cada disciplina e fazer um intervalo de 15 minutos entre uma e outra. Para facilitar, você pode construir uma planilha e atualizá-la toda semana, de acordo com o conteúdo vencido e o que ainda precisa ser visto.

Saiba que o estudo diário é fundamental. Por mais que a sua agenda esteja cheia, é preciso reservar um horário para se dedicar inteiramente, nem que seja para revisar conteúdos ou resolver algumas questões.

Construa mapas mentais

Os mapas mentais são esquemas visuais que ajudam o cérebro a solidificar informações, especialmente quando elas possuem uma relação lógica.

Para estudar disciplinas mais teóricas, como História e Literatura, esta pode ser a solução. Pesquise modelos, quando for fazer o seu, tente não consultar o conteúdo. 

Escolha um tema específico e resgate tudo o que sabe sobre ele para, então, ordenar as suas ideias no papel.

Na construção de um mapa mental, você deve levar em consideração a ideia central (o tema do seu estudo). Posicione-o no centro da folha, de preferência na horizontal, para ter mais espaço livre.

A seguir pense nas ramificações. A partir da ideia central, desenhe essas ramificações com as ideias secundárias. Imagine uma “árvore” onde os galhos são as conexões entre o tema e as ideias.

Use imagens e palavras-chave que representem essas conexões a fim de sintetizar o conteúdo e ajudar na memorização. Cores também ajudam o cérebro a ter mais foco em cada informação.

Destaque com tons diferentes as informações mais importantes. E ainda, leve consideração as atualizações. Se for necessário, volte ao mapa mais tarde para acrescentar novas ideias.

Treine com simulados e provas antigas de concurso público 

Como já falamos antes, no tópico sobre organização, resolver simulados e provas anteriores facilitará no entendimento da lógica da prova e na gestão do tempo de resolução.

Descubra qual é a banca responsável pelo concurso que você irá prestar, pois apesar da variação nos temas, o formato das questões deverá ser o mesmo de certames já realizados.

Além do conhecimento, provas de concurso também são uma questão de prática. Se você estiver familiarizado com as provas, as chances de você aumentar o seu desempenho são bem maiores.

Portanto, treine como se fosse o dia oficial. Veja qual é o tempo total da prova e divida pelo número de questões. Com isso, você saberá o tempo máximo por questão e treinará a sua agilidade.

Para o grande dia…

Se a ansiedade bater, lembre-se de utilizar técnicas de respiração que podem ajudar a manter o foco e tranquilidade. 

Leia sua prova com calma e atenção, dando prioridade aos conteúdos mais fáceis de resolver. Em um primeiro momento, pule as perguntas que te deixam em dúvida para não ficar ainda mais nervoso. 

Porém, tenha cuidado para não acumular muitas questões para o final. Além disso, lembre-se que é importante separar um tempo para o preenchimento das respostas no gabarito. 

Quanto ao preenchimento do gabarito, uma vez que a resposta tenha sido escolhida, tente não mudar de alternativa na hora de preencher o gabarito. Você pode acabar se arrependendo e ainda perder pontos importantes para sua aprovação.

 

 

 

Deixe seu Comentário