Como conciliar trabalho e estudo para ser aprovado em um concurso público?

Aqui no blog Arquivo Nirez você vai saber como conciliar trabalho e estudo para ser aprovado em um concurso público! Vamos te explicar como é possível trabalhar e estudar para concurso, mostrando que é possível trabalhar e estudar para concursos públicos.

Depois de ler esse texto você vai saber tudo sobre como estudar para concursos e trabalhar e ainda também daremos dicas sobre como estudar à noite depois do trabalho.

Continue sua leitura e confira nossas dicas essenciais para trabalhar e estudar para concurso!

Como conciliar trabalho e estudo para concurso?

Em primeiro lugar, nós sabemos que adequar a dupla jornada de trabalho e estudos para quem está se estudando para concursos públicos, pode ser uma tarefa muito difícil. Mas fique tranquilo, pois você com toda a certeza não é o único a se sentir dessa maneira.

Em segundo lugar, se você é uma dessas pessoas que fica ansiosa só de pensar na dupla jornada, saiba que tem um jeito para resolver tudo. E nesse texto nós vamos ensinar como você pode ajustar as suas tarefas e ainda conquistar bons resultados em provas de concursos públicos.

Sabemos que atualmente a grande maioria dos concurseiros precisa trabalhar para custear seus gastos, nem todos possuem o privilégio de não precisar trabalhar e se concentrar apenas na preparação para as provas. Então, saiba que é possível sim, trabalhar e ao mesmo tempo estudar com o objetivo de alcançar novas oportunidades de crescimento.

Fique sabendo, que a organização é muito importante, mesmo que você tenha um tempo mínimo disponível para se preparar para concursos públicos. Se você está dúvida se realmente é possível trabalhar e estudar para concurso? Ou, simplesmente não tem ideia de por onde começar para criar um esquema, não fique estressado! Essa atitude negativa não ajudará em nada, apenas te levará a um ciclo de desorganização em torno da vida.

Se você está se perguntando: o que precisa para passar em concurso? Veja a resposta a seguir e saiba como resolver sua vida de concurseiro com as dicas que daremos no texto abaixo.

Mapeamento das tarefas

O seu primeiro passo é escrever em um papel ou em uma planilha eletrônica no seu computador, quais são todas as suas tarefas e os horários em que elas devem ser realizadas. Comece pelo seu turno de trabalho: se você trabalha à noite ou durante o dia.

Por exemplo, se você trabalha durante todo o dia, você terá uma parte da noite para organizar a sua preparação para concursos públicos. Por outro lado, se você trabalha à noite, você tem dois períodos diurnos e nesses horários poderá ajustar os seus estudos.

Isso é importante, pois dessa forma, as suas tarefas e horários ficarão distribuídos de um jeito prático e que você conseguirá visualizar com facilidade.

Planejamento de estudos

Terminado o mapeamento das tarefas, é hora de começar seu plano de estudos. Após colocar no papel ou na planilha você conseguirá idealizar todos os seus afazeres e ficará mais fácil de planejar de que forma deverá estudar.

É óbvio que o seu planejamento precisa ser construído em cima dos horários que você tem disponível. Mas, é importante que você saiba como distribuir todo o conteúdo necessário a ser estudado para ser aprovado nem um concurso público da sua escolha.

Não desperdice seu tempo de estudos

Depois de fazer a organização e a criação de uma programação de estudos, é imprescindível que você aproveite muito bem o tempo que você disponibilizou para isso.

Não importa quanto tempo você reservou por dia ou por semana para se dedicar aos estudos, o importante é que esse tempo seja usufruído da melhor maneira possível e de maneira bem otimizada.

Otimize seus estudos

Nessa etapa é necessário que você saiba como detectar quais são as melhores formas ou formatos de estudos. Fique tranquilo se você não acertar de primeira, é bem possível que você precise testar algumas antes de descobrir qual é a melhor para o seu perfil.

Por exemplo, existem pessoas que preferem assistir a todas as videoaulas e depois treinar resolvendo questões. Por outro lado, existem aquelas que preferem conciliar a leitura de livros ou a lei seca com o treinamento de questões. E ainda há estudantes que preferem ir direto na prática, pois já têm bagagem de conteúdo suficiente para fazer exercícios e em cima das dificuldade depois procurar apoio na teoria.

Nesse caso, o ideal é que você contabilize seu tempo para cada um deles e verifique em qual você teve um maior rendimento e com mais qualidade.

Cuide da sua saúde

Nós sabemos que essa rotina de conciliar as tarefas necessárias do dia a dia ao seu crescimento é um trabalho árduo. Pode ser que você acabe até se sentindo exausto, mas você deve ficara atento a sua saúde física e mental para saber como conciliar trabalho e estudo.

Tenha cuidado de reservar os momentos que são essenciais para manter a estrutura do seu corpo funcionando. Faça intervalos para uma boa alimentação, pratique atividades físicas e também descanse.

É importante que tudo isso esteja dentro da sua programação de vida, com espaços reservados especialmente para cada um deles. Mas, saiba que existem coisas que você poderá precisar renunciar em favor do objetivo maior que é a aprovação.

Por exemplo, uma festa, um churrasco do fim de semana, uma viagem de feriado, talvez isso precise ficar de lado por algum tempo. Pense bem, você pode se esgotar demais e desperdiçar um dia inteiro, deixando os estudos para o dia seguinte, ou para o começo da outra semana.

Não deixe que nada disso atrapalhe seu rendimento de forma alguma. Afinal, para um sonho ser alcançado sempre existe a possibilidade de ter de abandonar algumas coisas por um tempo. Mas, não se preocupe, será por um breve período até que você conquiste a sua aprovação.

Mas preste atenção, pois essas renúncias não podem ser confundidas com as suas necessidades básicas que falamos anteriormente, elas são coisas completamente diferentes.

Com toda a certeza, seguindo as nossas dicas você saberá por onde começar a tentar equilibrar trabalho e estudos para concursos. Fique tranquilo, pois você não é a única pessoa no universo dos concursos públicos que passa por essa necessidade de equilibrar as tarefas.

 

 

 

Deixe seu Comentário