1699

novembro – Mais um governador está à frente dos destinos da Província do Ceará, o capitão-mor pernambucano Francisco Gil Ribeiro, que substitui Antônio Pinto Pereira.

16/02/1699

Ordem Régia resolvia sobre a construção de uma igreja, que foi a primeira capela-mor da Matriz de Fortaleza (Catedral), cuja construção foi autorizada por outra Ordem Régia, de 12/02/1746.

04/11/1698

Toma posse, no governo da Província, em substituição a João de Freitas CunhaAntônio Pinto Pereira.

09/10/1696

No comando da Província do Ceará, assume João de Freitas Cunha, em substituição a Pedro Leou.

01/12/1695

Pedro Lelou assume o governo da Província, substituindo Fernão Carrilho.

22/02/1694

Assume o governo da Província do Ceará, em substituição a Tomás Canral de OlivalFernão Carrilho.

1692

Outro ano de grande seca no Ceará e, conseqüentemente, no local em que seria Fortaleza.

12/01/1689

Tomás Canral de Olival assume o governo da Província do Ceará, substituindo Bento de Macedo Farias.

08/11/1682

Toma posse no governo da Província do Ceará, Bento de Macedo Farias, substituindo Luís da Fonseca.

1678

Assume o governo da Província, em substituição a Sebastião SáLuís da Fonseca.